terça-feira, 9 de julho de 2013

Os homens são todos iguais?



Segundo a consultora de etiqueta, Licia Egger, os homens são todos iguais. Uma brincadeira bem humorada do comportamento masculino, que realmente se torna repetitivo. É o que eu sempre falo pro meu marido: "por favor, não me faça ser chata tendo que repetir sempre a mesma coisa": "recolhe as roupas sujas, dê a descarga, estou falando com vc"...etc. Mas como ninguem é perfeito (diga-se de passagem, nós somos loucas!), dos itens citados identifiquei os que mais me incomodam:


"- Não avisar que vai atrasar para o jantar: terrivelmente irritante, faz com que a mulher faça papel de boba enquanto o companheiro não dá a mínima. Lembrar de ligar não custa, além de ser muito educado.
- Deixar cuecas, toalhas molhadas, meias, jornal ou revistas jogados em qualquer lugar ou no chão: quem ensinou isso para eles deveria ser fuzilado! Imaginar que a mulher vai pegar o que está jogado é falta de respeito. Mas isso deve ser ensinado no primeiro dia de relacionamento.
-Deixar a mulher fazendo papel de bruxa e dar uma de bacana é falta de lealdade com a parceira.
- Não conseguir achar nada do que está guardado: a dificuldade dos homens para encontrar objetos já foi estudada pela neurociências e sabe-se que não tem jeito de melhorar, é uma deficiência física, aceitar é o melhor remédio.
- Não prestar atenção quando a mulher está falando: a falta de atenção pode ser tanta que há mulheres que contam, respondem, perguntam e, se precisar, dão risada sozinha. Isso é aprendido desde a mais tenra infância com o pai; seria preciso mudar a história da família.
- Esquecer de abaixar a tampa da privada e ajeitar as partes íntimas fingindo que está arrumando alguma coisa no bolso: detestável, doloroso para a visão feminina. Recuperar um homem que faz isso não é fácil, mas vale chamar a atenção em público toda vez que acontecer.


Entender que os homens não são perfeitos é uma das funções do universo feminino e exige da mulher paciência, muito carinho, fechar os olhos e dedicação. Mas pensando bem, vale a pena: existem homens com quem o convívio é simplesmente maravilhoso."

Concordo com você Licia.


Nenhum comentário:

Postar um comentário