sexta-feira, 18 de junho de 2010

O Mundo perde um Gênio


José Saramago na cidade espanhola de Lanzarote, nas Ilhas Canárias, em 1996 (Foto: Sebastião Salgado)

José Saramago era um gênio. Homem de origem humilde, só pôde estudar em escola técnica.
Autodidata e extremamente lúcido e crítico, polêmico. Manteve seus ideais mesmo que para isso fizesse inimigos poderosos, como a Igreja Católica, o governo israelense, o ex-presidente americano George W. Bush, o primeiro ministro italiano Silvio Berlusconi, o governo do próprio país... Em 1992, ele se mudou em exílio simbólico para as Ilhas Canárias, depois que o governo português bloqueou a nomeação de seu livro O Evangelho segundo Jesus Cristo para um prêmio literário europeu por ser supostamente herético.
Não tinha medo de defender seus pensamentos.
Era ateu e comunista visceral. Um homem brilhante .
Seu blog foi interrompido em 2007 por falta de tempo. Vejam o site http://www.josesaramago.org/

O escritor morreu em sua casa nesta sexta-feira aos 87 anos, estando acompanhado pela sua família.


http://pt.wikipedia.org/
http://g1.globo.com/

4 comentários:

  1. Grande perda,um maravilhoso homem!beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Só alguns eleitos, muito poucos, conseguem ser tão fiéis a si próprios como José Saramago o foi.

    L.B.

    ResponderExcluir