sábado, 6 de fevereiro de 2010

Tristeza...

Todas as minhas lembranças da vida toda incluem imagens de SP: a 23 de Maio, o bairro da Liberdade, o Ibirapuera, a rua da minha infância...a casa aonde cresci, o predio da minha adolescencia, a casa da vida adulta...por isso quando vejo essas cenas na tv me entristeço, e me pergunto: "Como uma cidade como SP pode ficar assim?" Uma cidade tão rica, tão sonhada por quem nunca morou nela...dona de uma beleza velada, que só quem  a conhece consegue identificar. Como a minha SP do coração pode estar nessas condições? Minha relação com SP é como uma relação familiar: de amor e ódio. Por pior que seja a sua rotina, sentimos falta dela quando estamos longe. Não quero ter essa lembrança da minha cidade, quero lembrar da esquina da Ipiranga com a São João, da reserva florestal do Horto, quero de volta  a minha São Paulo, sem enchentes, sem congestionamentos, sem desmoronamentos...cuidem bem dela por mim ! 

Um comentário:

  1. Sabe,não tenho mais nem palavras para dizer o que sinto quando vejo estas catástrofes......a maioria causadas pelo pp cidadão que se diz responsável,que clama que paga impostos.........é o msm que joga lixo nas ruas,desmata morros,constrói nas encostas.......Tristeza msm !!!!!Fé !

    ResponderExcluir