segunda-feira, 22 de junho de 2009

Vergonha Alheia

Porque sentimos vergonha de cobrar? Prestamos um serviço, vendemos um produto, e quando estamos na iminencia de levar um calote, sentimos vergonha de cobrar... Talvez não sejam todos, talvez o problema seja meu (tenho certeza disso, só falo por falar), mas porque isso acontece?
Me sinto corar quando começo a abordar o caloteiro(a), não sei explicar. Fico dias ensaiando o que falar, como falar, e na hora H, diante da argumentação sempre bem elaborada, acabo estendendo o prazo, correndo o risco de ficar na mão.
A pessoa acostumada a não pagar parece ter em seu DNA as respostas na ponta da lingua pra qualquer tipo de abordagem. Quem é honesto se sente envergonhado pela cara de pau alheia?
Será que esse fenomeno se dá apenas no Brasil ou é uma lei universal? Se for, estou ferrada: porque já tentei mudar, mas não adianta: num país aonde a cara de pau impera, a conversa mole é uma constante (o famoso "sonso"), estou condenada a viver envergonhada pela vergonha alheia.

Um comentário: